ECLÂMPSIA: UMA DAS PRIMEIRAS PACIENTES DA UTI MATERNO-FETAL CHEGOU À MATERNIDADE EM ESTADO GRAVÍSSIMO

“Era minha primeira gravidez, estava com 29 semanas. Comecei a me sentir mal de madrugada, desmaiei e fui levada às pressas para a Perinatal. Era eclâmpsia”, relembra Débora Gerchenzon sobre o episódio ocorrido há 18 anos. Débora foi uma das primeiras pacientes da UTI Materno-Fetal e chegou ao hospital somente após convulsionar três vezes.

A importância da assistência da neonatologia no parto

Com 33 anos de profissão, o pediatra e neonatologista, Sidnei Aronovich sabe perfeitamente como é a rotina de um profissional como ele, dentro de uma sala de parto. Dr. Sidnei explica, que ainda no começo de sua carreira, a presença de um especialista em pediatria e neonatologia, junto ao obstetra, era apenas uma ideia que se propagava aos poucos. “Por vezes só éramos chamados após o parto, o que acarretava em sequelas irreversíveis aos recém-nascidos. Hoje é obrigatório, e o passado parece um absurdo para nova geração de médicos”, conta.

Carnaval e gravidez: cinco dicas para se manter saudável durante a folia

Está chegando o Carnaval, e ele vem acompanhado de blocos, bailes, viagens, praias etc. E quem disse que as grávidas não podem curtir a festa está enganado. Segundo Fernanda Mauro, ginecologista e obstetra da Perinatal, o mais importante é que a futura mamãe consulte seu médico antes de cair na folia. “É fundamental sempre conversar com um profissional, além de estar em dia com os exames do pré-natal”.

Teste do pezinho é capaz de diagnosticar doenças graves em recém-nascidos

Nesta quarta é comemorado o Dia Nacional do Teste do Pezinho, que visa mostrar a importância da realização do exame em crianças recém-nascidas. Por meio da coleta de gotinhas de sangue retiradas do calcanhar do bebê, é possível diagnosticar e tratar doenças — muitas vezes assintomáticas nos primeiros meses de vida — que comprometem o... Continuar Lendo →

Acima ↑