Cirurgia pré-natal dá 50% de sobrevida a bebês acometidos pela hérnia diafragmática congênita

Causada por fatores desconhecidos pela comunidade médica, a hérnia diafragmática congênita se forma no período próximo à oitava semana de gestação, durante a constituição do diafragma. Na HDC ocorre um erro de sinalização celular que resulta no não fechamento dos canais pericárdio-peritoneais, com consequente passagem de órgãos abdominais para o interior da cavidade torácica.

Na história natural da HDC, os órgãos abdominais presentes dentro do tórax (geralmente fígado, estômago e intestino) atuam como massas que impedem que o pulmão cresça e acabam comprimindo o órgão e comprometendo seu desenvolvimento normal.  Essa compressão leva à hipoplasia pulmonar bilateral, pois há desvio do mediastino e também ocorre compressão do pulmão contralateral. Em 84% dos casos, acomete o lado esquerdo do organismo; em 13%, o direito; e 2% são bilaterais. Esta má formação,  nos casos graves, pode matar 50% de seus portadores.”A intervenção cirúrgica deve ocorrer após o nascimento, exceto em quadros em que a lesão é mais extensa e o desenvolvimento dos pulmões fica prejudicada gravemente “, explica o Dr. Renato Sá, Chefe de Obstetrícia da Perinatal. 

A operação antenatal, executada entre a 26ª e a 28ª semana de gestação, consiste na inserção de um fetoscópio de 3mm através da traqueia do bebê, ainda no útero, e na instalação do balão traqueal, para que o pulmão, comprimido pelas estruturas abdominais, tenha melhores condições de desenvolvimento. A retirada do balão deve ocorrer entre a 32ª e 34ª semana, por meio de técnica semelhante à de introdução. Este procedimento é um adjuvante para o tratamento final, porém aumenta o risco de rompimento da bolsa e, consequentemente, de um parto prematuro. “A Perinatal está entre as instituições médicas brasileiras com os melhores resultados nesta abordagem devido à coordenação fina entre o Centro de Cirurgia Fetal e Centro de Cirurgia Neonatal, que garantem 50% de sobrevida aos pacientes acometidos por quadros graves”, comemora o médico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: