Meu primeiro ano novo: fogos de artifício e recém-nascidos

O fim de ano se aproxima junto com as tradicionais confraternizações de Natal e Réveillon. A queima de fogos de artifício aparece como destaque, principalmente na hora da virada, e muitas vezes, é a grande estrela da festa. Mas, se você tem um bebê é preciso ficar atenta, pois o barulho pode, além de assustar, prejudicar a audição do seu pequeno.

Segundo a Dra. Amanda Martins, Pediatra da Perinatal, o recém-nascido tem a capacidade de escutar cada barulhinho, apesar não ter atingido a formação auditiva completa. “O feto humano consegue ouvir sons produzidos no exterior do corpo da mãe a partir da 25a semana de gestação. Já o bebê recém-nascido ouve, mas sua audição ainda se encontra em processo de maturação, e demora 18 meses para se desenvolver completamente”, relata. E é por essa questão que o bebê apresenta uma maior sensibilidade do que um adulto a barulhos mais altos e/ou de longa duração. De acordo com a pediatra, expor um recém-nascido a um ambiente muito barulhento pode acarretar em uma lesão no ouvido interno, causando a perda auditiva.

Além do desconforto aos ouvidos, o excesso de sons deixar o bebê mais inquieto e incomodado. “A exposição em locais com ruídos em excesso pode causar diversos sintomas, tais como irritabilidade, sensação de ouvido tampado, zumbido e estalo nos ouvidos. É importante procurar um médico especialista caso os sintomas permaneçam”, explica.

De acordo com a Pediatra, cada criança tem o seu limite para os sons e cabe aos pais perceber os sinais de desconforto do bebê. “Se o recém-nascido estiver muito nervoso, o indicado é buscar um local mais calmo, afastado do barulho, evitando ambientes agitados. Para reduzir ainda mais o barulho, o mais indicado é o uso de equipamentos de proteção individual, como os protetores auriculares abafadores de ruídos”, indica. Segundo a Dra. Amanda, não é recomendado o uso de objetos nos ouvidos das crianças, como algodão. “Além de não fornecer uma proteção adequada e ainda existe o risco de ficarem resíduos nos ouvidos dos pequenos”, finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: